O primeiro cemitério de animais segundo as normas da lei ambiental, está instalado em Piracicaba.

Uma das idealizadoras da primeira lei sobre o assunto é Myriam Suely Vendemiatti, que é proprietária do Cemitério Parque dos Animais, localizado no bairro Pau Queimado. Myriam conta que desde criança foi ligada ao mundo animal e um fato marcante em sua vida foi ver carcaças de animais descendo pelo rio quando ia pescar com seu pai. “Era uma cena absurda, não conseguia entender porque aqueles bichos estavam ali, fui crescendo e me aprofundando no assunto. Hoje sou louca por animais”, disse.

A idéia de criar um local adequado para o destino final dos animais surgiu em 1998 e ainda encontra a resistência da população em enterrar seus animais achando que tal atitude é muito caro. “Um cemitério para ficar conhecido demora cerca de 15 anos, muita gente acha que é caro, mas temos preços acessíveis”, afirma Myriam.

Desde outubro de 1998 o cemitério está em funcionamento, e nesses 18 anos mais de 20 mil animais de toda a região, foram enterrados no local. Ao longo deste período muitos sepultamentos foram marcantes, Myriam se emociona ao lembrar da dedicação e carinho que os proprietários tem pelo seu animal de estimação. “Foram diversos casos marcantes, todos que vem aqui se tornam não só clientes, como amigos”, diz.